Skip Navigation Links Você está em:  

Sala de Imprensa

Notícias

Secretaria de Saúde promove curso de reciclagem para profissionais dos PSF
RSS
Por Ascom Búzios em 10/02/2014
A Prefeitura de Búzios, por meio da Secretaria de Saúde e Defesa Civil, está realizando aulas de capacitação e reciclagem sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). O evento começou no dia 7 e será promovido, novamente, no dia 14 de fevereiro, das 13h30 às 17h, no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda (Praça Santos Dumont – Centro).

Os palestrantes convidados são a doutora Aline Ramalho (infectologista) e Danilo Bernardo, da Vigilância Epidemiológica da cidade. O tema do curso é o “Protocolo Municipal de DST” e tem como objetivo orientar médicos e enfermeiros dos Postos de Saúde Familiar (PSF) da cidade sobre os sinais e sintomas apresentados pelos pacientes com doenças sexualmente transmissíveis, e explicar como deve ser feito o tratamento, a notificação e o encaminhamento desses casos.

A primeira aula foi direcionada à orientação de enfermeiros dos PSF, com fundamentos sobre procedimentos da triagem; o tratamento que deve ser dado aos pacientes ainda no primeiro atendimento e orientações sobre como devem ser conduzidos os casos mais complicados, encaminhando-os para o serviço de infectologia da Policlínica  da cidade.

Já no dia 14, o curso (cujo tema será o mesmo do dia 7) terá como público-alvo os médicos que atuam nos PSFs, e os residentes na cidade que se interessem em participar do curso.

A infectologista Aline Ramalho explica que, com as palestras, a Secretaria de Saúde busca lembrar sobre a importância de notificar esses casos à Policlínica:

“Somente com este procedimento podemos calcular a relação de quantos casos acontecem por ano na cidade e quais são os lugares com mais incidência. Tendo esta estatística em mãos, podemos trabalhar de forma mais eficaz com a questão da prevenção nos bairros da cidade”, disse ele, esclarecendo que a notificação é feita através de um formulário preenchido pelo próprio paciente e depois encaminhado para o setor de epidemiologia da cidade.

Ainda segundo a médica, o projeto não está sendo realizado neste momento por acaso: “Quisemos realizar o projeto bem próximo ao carnaval, pois este período gera uma demanda um pouco maior, já que é quando as pessoas estão mais propensas ao sexo sem proteção. Então, resolvemos trabalhar com esses profissionais para que a rede já esteja preparada para absorver a demanda caso realmente ocorra”,  explicou a médica.

Como continuação do projeto, será realizada, posteriomente, a distribuição de dois mil preservativos entre a Rua das Pedras e toda a Orla Bardot. Além disso, a palestrante irá em algumas escolas da rede municipal ensinando os alunos sobre prevenção e cuidados em relação às DSTs. Diretores interessados devem entrar em contato com Denise Marinho, na Policlínica.

Informações: (22) 2623-2059 e (22) 2623-7119.

Valid XHTML 1.0 Transitional

Selo de Acessibilidade - DaSilva

Estrada da Usina, 600 Centro (22) 2633-6000 Desenvolvido por NPI Brasil