Skip Navigation Links Você está em:  

Sala de Imprensa

Notícias

NOTA sobre a paralisação de professores
RSS
Por Ascom Búzios em 26/03/2014
A paralisação atingiu 6% do 1º ao 5º ano no turno da manhã; 14% do 1º ao 5º ano no turno da tarde; 17% do 6º ao 9º ano no turno da manhã e 22% do 6º ao 9º ano, no turno da tarde. A maioria dos alunos não compareceu às aulas, pois foram orientados por alguns professores para assim procederem. A Polícia Militar calculou que participam da manifestação cerca de 70 pessoas.

Desde o dia 12 de março, está agendada, para o dia 27, uma reunião com o Prefeito Dr. André Granado, o Secretário de Educação, Claudio Mendonça, e representantes da Educação de Búzios. Uma paralisação, dois dias antes da data agendada para o encontro, deixa transparecer uma tendência a motivação política de boa parte dos participantes deste movimento.

Em 2013, os professores tiveram uma redução de 25% em sua jornada de trabalho, o que esgotou o orçamento da Educação para despesas de pessoal. A intenção da Prefeitura de Búzios é no sentido da manutenção das negociações e lamenta a postura pouco diplomática de alguns líderes, os quais trazem prejuízo aos estudantes que perdem aula, ficam expostos nas ruas.

“Lamentamos profundamente que este tipo de situação tenha ocorrido, visto que temos nos esforçado bastante para dar mais qualidade ao ensino de Búzios. E ainda na questão da infraestrutura, que sempre foi muito precária, o que necessitará de grandes investimentos para adequá-las para atender de maneira satisfatória as condições essenciais para uma boa educação, dentro do processo educacional”, finaliza o Prefeito de Búzios.

Valid XHTML 1.0 Transitional

Selo de Acessibilidade - DaSilva

Estrada da Usina, 600 Centro (22) 2633-6000 Desenvolvido por NPI Brasil